top of page

Proteínas, afinal qual o papel delas na minha vida?


Falamos da alimentação saudável como aquela que equilibra macro e micronutrientes de forma equilibrada e individualizada.

Carboidratos, proteínas, lipídios, fibras, vitaminas e sais minerais dançam em uma ciranda que vai nutrir nosso corpo. A falta ou o excesso de cada um deles pode desequilibrar o nosso organismo a ponto de causar doenças.


Famosas por definir nossos músculos, as proteínas tem muitas outras funções no organismo e são encontradas em todas as estruturas da célula, substâncias intersticiais, anticorpos, entre outros. Entre as funções que podem ser atribuídas às proteínas, destacam-se seu papel no transporte de oxigênio como a hemoglobina, na proteção do corpo contra organismos patogênicos que são os anticorpos, como catalizadora de reações químicas que são as enzimas, atuação na contração muscular como a actina e miosina, além de serem fundamentais para o crescimento e formação dos hormônios.


Entre os alimentos que se destacam pela grande quantidade desse nutriente, podemos citar as carnes, leite, ovos, cereais integrais e grãos.

Uma dieta com muita proteína pode causar sobrecarga de órgãos como rins e fígado, mas uma dieta com pouca ingestão de proteína pode causar cansaço, queda de cabelo, baixa de energia, e perda de massa muscular.

Como fontes de proteínas podemos elencar:

Carnes

Proteínas de origem animal são as proteínas mais conhecidas como carne vermelha, carnes de caça e outras. Sempre lembrando da moderação, porções com pouca gordura devem ser a preferência.

Peixes

Os peixes, também fontes de proteínas animais possuem muita proteína e até alguns possuem ácidos graxos importantes, claro que a escolha devem ser preparações assadas e grelhadas e não fritas.


Aves

O frango é uma grande fonte de proteína, muito presente na mesa de orientais e ocidentais, o cuidado sempre é de retirar a pele e usar preparações grelhadas ou cozidas. Outras aves também podem entrar neste grupo, como peru, codorna, chester, entre outros.


Ovos

Uma rica fonte de proteínas tem participado cada vez mais da mesa dos brasileiros, seja como prato principal ou como lanche. De custo acessível e muito versátil em suas preparações pode ser uma excelente opção.


Leite e laticínios

O leite e seus derivados, como queijos e iogurtes, são excelentes fontes de proteína. Podem contribuir na formação e manutenção óssea. Há muitas controvérsias no seu uso, mas, pode ser usado também nas suas versões vegetais, sem problemas.

E os vegetarianos, de onde vão buscar as proteínas necessárias para o seu corpo?

Arroz e Feijão

O combinação de arroz e feijão já tirou muitos brasileiros da desnutrição. Acessível e de boa aceitação pode garantir uma boa fonte proteica na infância e fase adulta também. Além de proteína, o feijão é rico em ferro, que previne anemias e é importante para o sistema imunológico. O arroz, é rico em vitaminas do complexo B e faz bem ao coração. Sem excessos, pode sim participar da sua alimentação diária.


Cogumelos

Até a textura deste vegetal se assemelha a carne. Além de uma excelente fonte de proteínas, os cogumelos são fonte de selênio, vitaminas B2, B3, B5 e cobre. Pode fazer parte de suas refeições e lanches, sempre observando a origem dos cogumelos, para evitar intoxicações.

Chia e outras sementes

As sementes como chia são ricas em proteínas, ácidos graxos e fibras. De fácil digestão, pode ajudar também a regular a função gástrica e intestinal, além de contribuir para a saciedade.


Soja e outros grãos

A soja foi um dos primeiros grãos a auxiliar a dieta vegetariana a obter proteínas. Hoje se sabe que outros grãos como grão de bico, feijões, ervilhas, lentilhas podem contribuir para manter bons níveis de proteína no corpo com alimentos de origem vegetal.


👩🏻‍🍳👩🏼‍⚕️Receitinha da Semana: Hambúrguer

Ingredientes

500 gramas de carne moída de primeira

1 colher de salsinha picadinha

1 cebola pequena picadinha

1 dente de alho picadinho

1 pitada de sal rosa


Modo de Preparo

Em uma tigela grande, coloque a carne, a salsinha, a cebola, o alho e o sal, e amasse bem com as mãos até que fique homogêneo.

Divida em seis partes iguais e modele cada uma delas no formato de hambúrguer.

Em uma frigideira anti-aderente, leve ao fogo médio para aquecer. Coloque os hambúrgueres, aos poucos, por 3 minutos de cada lado, ou até que dourem.


Dica preciosa: Esta receita vale para carne de frango, feijão branco, soja, ervilhas, cogumelos e tantas outras proteínas de origem vegetal. Crie, experimente e verá que nem só de carne vermelha você pode obter as proteínas necessárias para a saúde do seu corpo!

💦Beba💦. 🍽️Coma Consciente🍽️. 🏋🏻‍♀️Mexa-se🏋🏻‍♀️


Marlise Potrick Stefani

•NUTRIÇÃO & LONGEVIDADE •

Alimentação Saudável com Foco em Qualidade de Vida

Commenti


bottom of page